EVITE danos nas cargas da sua FROTA – 9 DICAS

18 jul, 2017 09:00

Partilhar este artigo

Garantir que uma encomenda ou produto são entregues ao cliente em condições plenas (sem qualquer dano ou arranhão), nem sempre é tarefa fácil. Ainda assim, é um REQUISITO OBRIGATÓRIO para que a sua empresa seja bem-sucedida e se destaque da concorrência! É por isso que durante as operações logísticas, deve evitar acidentes, erros operacionais e danos nas cargas e mercadorias. Mas é certo, que por vezes ocorrem imprevistos (catástrofes, fatores externos à empresa / condutor/ transporte), que com as ferramentas e mecanismos adequados, lhe permitem minimizar os danos provocados, reduzir o prejuízo para a empresa, evitar transtornos para o seu cliente e impedir desfraldar a imagem da marca.

O que faria ou o que é que já fez, perante um cenário semelhante ao exposto?

Antes de mais, deve garantir SEMPRE que a mercadoria é entregue à data e hora marcada, mesmo que para isso, tenha de subcontratar o serviço. Repare que neste caso, apesar de estar perante um imprevisto, cumpriu o objetivo a que se comprometeu, transmitindo ao cliente elevada responsabilidade e bom atendimento.

Para o ajudar a EVITAR DANOS nas CARGAS da sua FROTA, apresentamos-lhe abaixo 9 DICAS!

COMO EVITAR DANOS NAS CARGAS DA FROTA

#1 INVISTA EM FORMAÇÃO PRÁTICA E ESPECIALIZADA

Os seus condutores devem ser treinados e estar devidamente capacitados, para seguir as suas instruções, cumprir rotas e aplicar boas práticas que evitem danos nas cargas. Assim como, devem estar atentos e seguir as indicações apresentadas nas embalagens, para garantir a integridade dos produtos durante o transporte e manuseio dos mesmos.

#2 OPTE PELA EMBALAGEM MAIS ADEQUADA

Antes de transportar qualquer produto ou mercadoria, é fulcral embalá-lo no package mais adequado de acordo com as instruções apresentadas. Para tal, necessitará de caixas de papelão/ madeira ou outro material, que protejam os produtos de impactos, acidentes ou derrames e estas devem estar devidamente identificadas (Ex.: produto frágil ou não, posição correta de armazenamento, origem e destino).

NOTA: a abertura da embalagem deve ser um processo rápido e fácil para o cliente.

#3 VERIFIQUE AS CONDIÇÕES DE ARMAZENAMENTO DO TRANSPORTE

Sabe quão importante é, evitar: água, humidade, derrames, temperaturas elevadas ou outras condições que interfiram com a integridade do produto armazenado, correto?! Mas lembre-se que não é suficiente isolar a carga apenas de derrames, mas também de chuva ou “suor da carga” (provocado devido às mudanças de temperatura), através de dissecantes e/ou fitas isolantes!

#4 ESCOLHA O MELHOR TRANSPORTE PARA O EFEITO

Seja ele aéreo, marítimo ou terrestre! Pois as cargas mais sensíveis/ inflamáveis exigem um meio de transporte mais seguro ou adaptado, que poderá variar em função das necessidades da carga.

#5 JAMAIS DEIXE ESPAÇOS VAZIOS NA CARROÇARIA

As travagens, curvas ou até mesmo as próprias condições da estrada, podem deslocar e movimentar as cargas, provocando danos nas mesmas. Para evitar que tal aconteça, preencha TODOS os espaços vazios do transporte com plástico bolha, papel picado ou sacos de plástico cheios de ar!

#6 EQUIPE OS VEÍCULOS PARA AS CARGAS FRÁGEIS

Tal como referimos anteriormente, as condições da estrada ou o atrito com o alcatrão, podem danificar as cargas. Para os evitar, deve instalar um Sistema de Suspensão de Ar, também conhecido por Sistema Pneumático, que confere maior proteção à carga através da redução dos impactos do solo (reduzidos ao mínimo e que proporcionam maior suavidade durante a deslocação).

#7 UTILIZE INDICADORES DE IMPACTO

Fixados do lado de fora das embalagens, os Indicadores de Impacto, Choque ou Inclinação, são aparelhos que permitem identificar erros operacionais e mensurar o tipo de impacto (se aplicável) que a carga sofreu durante o transporte. Bem como indicam, em que fase do carregamento a carga sofreu algum tipo de dano.

#8 EVITE REGIÕES DUVIDOSAS EM HORÁRIOS MORTOS

Tente seguir sempre a rota definida, mas se tal não for possível (devido a um acidente, catástrofe ou outro), evite conduzir/ deslocar-se em regiões consideradas perigosas ou duvidosas. E esteja atento ao facto de alguns locais serem propícios a roubos de cargas, entre as 21h e as 05h.

#9 PLANEIE CADA ETAPA DO TRANSPORTE

Obviamente que já sabe a importância de ter uma Estratégia de Planeamento, certo? Desse modo, deverá saber exatamente a ordem pela qual, a carga ser acomodada na carroçaria, com o intuito de agilizar a remoção da mesma e para que as cargas mais pesadas, não esmaguem as mais leves. Embora, também deva saber o tipo de material de cada embalagem e a que horas o veículo deve partir.

Se chegou até aqui, verificou que o trabalho do Gestor de Frotas é minucioso e exigente, para garantir um bom serviço ao cliente e otimizar os resultados da empresa. Mas além disso, LEMBRE-SE: a SEGURANÇA do transporte e respetiva ENTREGA, está diretamente relacionada com o LUCRO da empresa! 💰😉

Gostou do nosso artigo? Quer saber mais informações sobre a Gestão eficiente da sua Frota?! Então SUBSCREVA a nossa NEWSLETTER ou CONTACTE-NOS através do geral@forbiz.pt.

#ForBIZGroup #GestãoFrota #Frota #Leasing #Renting #Fleetsharing